12 junho, 2012

Olá pessoas, tudo bem?!
Antes de tudo, me desculpem a ausência. Vida de gente grande e tal, mil coisas pra fazer, e quando me sobra tempo, nem sempre tenho a inspiração.


Então, hoje vim falar sobre o dia dos namorados, e diferente do que muitas pessoas achavam, não vim compartilhar os mi mi mi de quem está "in love", nem falar que minha vida está cor de rosa porque meu príncipe veio me buscar em um cavalo branco. (bom, ele ainda não veio haha')
E não me interpretem mal, não estou menosprezando quem namora, (Feliz dia dos namorados pra você que tem um par) nem quero isso, mas acho que o foco pra esses, hoje, já está grande demais, então quero focar um pouco em quem está passando o dia dos namorados, assim como eu, sozinha.
Quem nunca passou um dia dos namorados sem um namorado, que atire a pedra. Desculpem, mas eu acho essa data um saco! Todo ano é essa pressão, essa frustração. Qual é? É só mais uma data comemorativa, como tantas outras, mais comercial do que sentimental.
Ai você me diz "ela só fala isso porque é mal amada" "é por isso que ela odeia o dia dos namorados, nunca passou namorando". Não, não é por isso que eu odeio o dia dos namorados. Eu odeio essa data pelo jeito que ela deixa algumas pessoas, pelo jeito como um simples dia pode alterar o humor de alguém. A pessoa tá relax o ano inteiro "solteira e feliz" daí quando chega o mês de junho tem uma crise de existência porque vai passar o dia 12 sozinha e começa a achar que é feia, que é esquisita, que é gorda, e por isso está aí sozinha.
"Guria, você não estava feliz e solteira mês passado, qual o problema de passar esse mês assim?" Sinceramente, eu tenho mais o que fazer do que criar mais neuras pra enfrentar. Não vou te dizer que nunca pensei "Ahn, queria passar o dia dos namorados com alguém" até porque estaria mentindo, mas comecei a refletir sobre isso quando a Thaís me pediu pra escrever algo pra esse dia e estou avaliando tudo de uma outra forma, e não acho que esse pensamento seja prioridade.
Eu acho bacana quem vai estar acompanhado, recebendo um presente fofo, um passeio inesquecível, ou um jantarzinho meigo, ou mesmo quem não vai ter nada disso mas que vai ter alguém pra dizer "feliz dia dos namorados".
Só não vou é morrer por estar sozinha, com uma sinusite maxilar aguda, e sem um par. E é isso que eu queria que algumas pessoas entendessem.
Não é porque HOJE você está sozinha que o mundo te odeia e todos os garotos te acham ridícula. Eu entendo que tem essa pressão, essa tensão pré dia dos namorados, mas você é bem mais forte que isso pra ficar tristinha por não ter ninguém né? E nem me venham com namorados de fachada só pra não passar a data sem ganhar presentes, assim não tem graça e todo o sentido da data se perde. Não se deprimam, nem se lamente, hoje é um dia normal. Se ano que vem você estiver acompanhada pode ser que encare de outra forma. Se eu tiver de namorado ano que vem, prometo postar, só pra ver se mudou alguma coisa em relação a meus conceitos sobre essa data.
Então é isso. Não é que eu odeie o dia dos namorados, odeio o sentimento que ele provoca em quem está só, que fica achando que é a pior coisa que pode acontecer. Odeio essas pessoas que tem alguém e ficam esfregando isso na nossa cara a cada cinco minutos. Odeio esse blá blá blá de "o amor estar no ar" (e olha que sou super romântica, só não legal, achar que o romantismo se faz em um só dia) odeio padronizar o amor, e eu acho que essa data também faz um pouco disso.
Espero não ter decepcionado tanto vocês, com esse meu texto.
Só acho que tenho uma visão diferente e igual a tantas outras.
Feliz dia dos namorados pra quem está acompanhado.
e boa terça feira pro resto da população.
Beeijo!


2 comentários :

  1. askosakopaskaskpoaskops ta certa!!

    eu gosto muitoooooo :PP

    Beijos e já estou te seguuindooo!

    http://www.sabrinasgarbi.com

    s2

    ResponderExcluir
  2. Oi linda, obrigada pela visista la no blog e pelo seu comentario , fico muito feliz de verdade *-* volte sempre :D
    hahahah falando em dia dos namordos, eu ate fiz um video no meu canal, sobre isso! da uma olhadinha depois[postei no blog tb] eu nem odeio...mas acho um saco a melação e o exesso de carencia do povo ! kkkkkkkkk

    beiijos

    ResponderExcluir

Comente o que você achou,conte suas dúvidas e dê sugestões de como nós podemos melhorar o nosso serviço!
O post acima foi elaborado com bastante carinho (tenha certeza disso).
Beijo

Leitora de meia tigela e metida a escritora nas horas vagas. Tenho mais afinidade com livros do que com pessoas. Sou impaciente, irônica e talvez te faça rir. E apesar de me esconder, me revelo em cada linha que escrevo.
Já quis ser de tudo nessa vida, mas me rendi aos encantos da publicidade. Aprendi que tudo fica mais bonito quando fazemos as coisas com amor e sem pensar no que vamos receber em troca. Sempre fico rindo feito uma louca, de tudo. Prazer, Thaís
Futuro publicitário, adoro artes em geral e quanto mais alternativa melhor. Amo café, álcool e programas ao ar livre com quem amo. Sou estranho, mas feliz.

Facebook

Leitores

Arquivo do Blog

Mais lidos do mês

Indicações

Visualizações de páginas da semana

Tecnologia do Blogger.