06 novembro, 2014
Eles me achavam estranha. Diziam que eu era sonhadora demais, só porque não via o mundo da forma deles, só porque não vivia seguindo padrões. Eu era diferente. E tem algum problema nisso? Sonhar demais, querer demais, sentir demais? Se existe problemas nisso, não sei se tenho salvação.
É engraçado, sabe. A gente para, olha ao redor e percebe o quanto as pessoas se importam em viver as nossas vidas, o quanto elas se intrometem, o quanto elas falam. E daí se eu acreditava em príncipe encantado? Se meu mundo ideal, era frio e londrino? Se minha vida seria regada a chá da tarde com biscoitos? Algum problema se eu acreditar? Meus sonhos, minha vida. Só posso ser um bom espetáculo porque minha vida tem platéia.
Mas, eles estavam enganados. Estavam enganados quando me diziam que príncipes só existiam em filmes, estavam enganados ao dizer para sonhar menos, enganados ao não acreditar. Pode parecer loucura, mas eu o encontrei. Quando menos esperava ele surgiu na minha vida. Meu príncipe. E não tenha vergonha nenhuma de assim o denominar. Ele me faz feliz e é isso que importa. Ele é meu melhor amigo e meu melhor amor.
E se você estiver pensando "isso já termina" vou logo avisando que não dou a mínima. 
Que apareçam outros príncipes na minha vida. Continuarei acreditando. Eles existem. Existem para quem acredita. Se um dia isso terminar, vou entender que nem sempre contos de fadas possuem uma linha reta de felicidade. Há pausas. Pausas para entendermos e valorizarmos esses momentos quando eles surgem. E serei feliz. E estou sendo feliz. E faço questão de dizer isso aos incrédulos que passaram em minha vida, tentando destruir minha esperança. Ah, enquanto ao meu sonho londrino, ele está guardado em uma caixinha, ganhando força, longe de toda essa negatividade. Um dia, quem sabe. Como disse, continuarei acreditando porque é isso que me mantém viva. Os sonhos. 
Vocês ainda vão ouvir falar de mim. Ah, vão! Eu e meu principe, meu reinado, minha história. Hahaha. Okay, menos! Eu e meu principe basta para continuar essa jornada.
Então é isso, essa é minha história: 
Vivo em um mundo meio Disney. Feliz enquanto durar o para sempre. 

Um beijo para minha amiga mais Charmant, musa inspiradora desse texto. Haha'



0 Comentários :

Facebook

Leitores

Mais lidos do mês

Visualizações de páginas mensal

Tecnologia do Blogger.