02 fevereiro, 2013

Olá! Tudo bem?
Okay, continuamos a escrever menos na semana, desculpem. 
Apesar dos imprevistos, não esquecemos do nosso compromisso semanal e estamos aqui com a 2ª parte da nossa série sobre as profissões! Pra quem não acompanhou é bem simples, todo sábado até o final de fevereiro postaremos uma entrevista com um estudante de um determinado curso na esperança de esclarecer algumas coisas e tirar dúvidas de quem ainda não se decidiu. Espero que essa série possa ajudar. 

A participante dessa semana eu a conheci meio que por acaso quando fomos trocar nosso ingresso para o Ceará Music e acabamos descobrindo algumas coisas em comum (haha') e ela vai falar sobre o curso de ENGENHARIA e como vocês sabem há vários tipos de engenharias mas, a nossa entrevistada fala mais especificamente sobre ENGENHARIA MECÂNICA.





Nome: Raiana Alves
Idade: 20 anos
Onde cursa: UFC (Universidade Federal do Ceará)
Semestre que se encontra: Era pra ser o 6º, mas como transferi da UFSJ (Universidade Federal de São João del-Rei - MG) pra UFC, acabei ficando no 4º por causa da mudança de grade






Vamos as perguntas:

- O que te levou a escolher o curso de engenharia e quais foram as maiores dificuldades na hora da escolha?

Eu sempre gostei muito de matemática, tinha muita facilidade e era uma das minhas matérias preferidas daí surgiu a idéia de fazer um curso na área de exatas e escolhi engenharia pela questão financeira, o curso está em alta e tenho muita vontade de ser independente financeiramente o mais rápido possível. A maior dificuldade foi escolher qual engenharia. Primeiro deicidi que queria trabalhar com avião (louco né?) daí escolhi engenharia aerodinâmica/aeroespacial, mas é um curso que tem em poucas universidades, só consegui fazer vestibular em uma (UFMG) e não passei, daí a segunda opção foi mecânica (porque dá pra especializar em aerodinâmica) e a terceira foi elétrica. Passei nas duas e escolhi engenharia mecânica, mesmo tendo que mudar pra outro estado, longe de toda a minha família.


- Engenharia é um curso muito concorrido. Como era a sua rotina de estudos?

Eu tinha aulas todos os dias de 7:30 as 13:00 e aula a tarde no colégio na terça e na sexta até as 18:00, na segunda e na quarta eu fazia inglês e depois do inglês, tinha aulas particulares de física, química e matemática e na quinta tinha aulas particulares de biologia. A noite eu estava tão cansada que quase não estudava. Eu tinha muita facilidade no colégio, só tirava notas boas sem precisar me esforçar muito, então a ideia de aulas particulares foi pra me preparar pro vestibular mesmo, porque eu não sou muito disciplinada e se passasse as tardes livres em casa, quase não estudaria.
- Para a escolha do curso, você teve alguma influência da sua família? Antes de escolher engenharia você fez ou pensou em fazer outro curso?
Muita. Antes de escolher engenharia, queria fazer jornalismo. Além de matemática, minhas matérias preferidas eram português e literatura, sempre gostei muito de ler, escrevia muito bem e ainda sonho em ser escritora. Mas todos os meus parentes me falavam que se eu fizesse jornalismo, seria desempregada ou ganharia muito pouco e com o tempo isso foi me desanimando, porque, como falei antes, sonho com a minha independência financeira. O jornalismo ainda é um sonho e penso em cursar quando terminar a engenharia, mesmo que seja só por hobby.


- Qual o maior desafio do seu curso até agora?

O curso é muito difícil! As vezes eu estudo muito e mesmo assim saio muito mal nas provas. Já reprovei muitas vezes e nessas horas dá muita vontade de desistir. Tanto que os cursos de engenharia são os que possuem o maior indíce de desistência.


- O que você mais admira no curso?

A Engenharia Mecânica é a responsável pelas grandes obras, TUDO depende da Engenharia Mecânica e a maioria das vezes, a gente não tem noção disso. Por exemplo, um engenheiro mecânico testa uma prótese dentária pra saber quanto de impacto (força) ela suporta em uma queda, desenvolve uma prótese interna pra substituir uma articulação óssea e estuda a resistência do material utilizado, além das coisas mais conhecidas relacionadas a carros, aviões, máquinas, projetos, manutenção e várias outras coisas. São inúmeras áreas de atuação.


- Qual a maior lição que você teve depois de entrar na faculdade?

A faculdade NÃO é mais fácil que o colégio, muito pelo contrário. Lá não tem a preocupação dos professores se você está estudando/aprendendo e em alguns casos você vai ter que virar autodidata, então tive que me conscientizar de que eu tenho que me organizar e ter disciplina se quiser realmente aprender e passar nas cadeiras.


- Depois da faculdade, o que você pretende fazer? Algum curso do ramo ou pretende fazer algo diferente?

Pretendo fazer um MBA na área de Gestão/Gerenciamento de Projetos, trabalhar alguns anos em alguma empresa (de preferência na área de projetos) para juntar dinheiro e abrir minha própria consultoria em gestão de projetos.


- Por fim, deixe aqui algum conselho pras meninas que estão querendo fazer engenharia, mas que tem algum medo, receio ou coisa parecida.

O curso é muito difícil mas se é isso que você quer, vá em frente. Não pense que vá ser fácil, a vontade de desistir vai bater muitas vezes e você vai ter que renunciar a diversas coisas, sua vida será sempre corrida e enquanto muitos de seus amigos estiverem em festas e se divertindo, você estará estudando. Mas lembre-se que o curso é muito bom, tem muitas áreas de atuação, muitas ofertas de emprego e faltam profissionais, se você tiver um bom currículo, será uma profissional disputada. Tenho certeza que as recompensas virão em forma de reconhecimento, oportunidades incríveis de emprego e bons salários.

Boa sorte para todos que estão nessa fase de prestar vestibular :)

Então é isso! Espero que tenham gostado!
Até a próxima! :*

3 comentários :

  1. Adorei o post, estou nessa fase de vestibular, decisão de curso.. é uma loucura! Amei a entrevista. Estou seguindo aqui flor, beijos

    http://isaup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adorei responder essa entrevista :)
    Desculpa pela demora pra comentar aqui, mas quando a minha internet voltou a funcionar, eu viajei :S
    Ainda não coloquei o link no meu blog, mas vou colocar :)
    Beijos flor :*
    Raiana

    ResponderExcluir
  3. Magina Flor, obrigada por participar do nosso projeto. :*

    ResponderExcluir

Comente o que você achou,conte suas dúvidas e dê sugestões de como nós podemos melhorar o nosso serviço!
O post acima foi elaborado com bastante carinho (tenha certeza disso).
Beijo

Facebook

Leitores

Mais lidos do mês

Visualizações de páginas mensal

Tecnologia do Blogger.