19 abril, 2015
Para. Respira. Não precisa ter pressa. Não precisa correr. Ser mais velha nem é tão legal assim, vai por mim. Não que seja ruim, mas dá trabalho.. Não precisa tentar pular etapas.
Eu sei, seus 15 anos não tem sido fácil, mas tuudo isso será compensado nos seus 17 (sério, vai ser um dos melhores anos da sua vida!) então releva. Sei que tem sido um ano difícil no colégio, mas vai passar. Você ainda vai chorar muito, vai se sentir cada vez mais acuada, mas continue sendo forte. Continue fingindo que não te afeta. Continue sorrindo das piadas idiotas e dos comentários inúteis. E depois, você sabe que é só esse ano. Você vai mudar de colégio e irá conhecer outras pessoas que ficarão na sua vida por um bom tempo, então desencana desse povo e esteja abertas a mudanças. Não vão te zoar mais em nenhum outro canto, não precisa ter medo.
Bem, durante esse ano você vai perceber que seu melhor abrigo será a biblioteca. Lá ninguém vai te perturbar, então você investirá mais tempo nisso. E isso vai refletir muito no que você se tornará daqui há alguns anos, vai te fazer tão bem, vai te trazer tanta coisa boa! Você viajará muito nesse mundo literário! :D
Sabe essa agenda que você divide com suas duas amigas? Será o início de um amor pelas palavras. Sei que já escreve mas você vai pegar paixão pela coisa e vai ter vários diários e agendas. Continue acreditando na sua escrita, continue fazendo das palavras a sua válvula de escape. Você vai passar por situações complicadas e vai ver que escrever para desabafar será útil para aliviar o coração.
Não crie essa mania de deixar as coisas pela metade. Aprenda a ter responsabilidade com seus compromissos.
Sei que agora parece confuso, que pensar em uma profissão te assusta muito, mas não se preocupe você escolherá quando for a hora certa. Você vai amar o que faz, vai amar o que quer se tornar. Antes disso, algumas escolhas te levarão a outros caminhos. Você terá medo, vai vacilar e se achar fraca. Quer mais um conselho? Bobagem! Você vai ficar mais forte e até mais desinibida! Então quando chegar aqui vai olhar tudo isso e ter certeza que apesar dos vacilos, dos possíveis erros de trajeto, foi o melhor que a vida pode te proporcionar.
Você continuará com algumas velhas amizades, perceberá que algumas pessoas não valem a pena, fará novos amigos, e conhecerá pessoas que mesmo longe te farão feliz. E só pra te alertar, não seja tão ingênua, tem gente que não merece nossa confiança. Tem gente que não merece nossa dedicação.
Se ame mais! Você tem essa mania de se achar feia, gorda, mas me escute bem você não é gorda!! Não é!! Então larga de acreditar nesses padrões idiotas e te aceita como você é. Não espere elogios de ninguém, não espere amor de ninguém. Se ame até transbordar. E aí sim abra seu coração para amar alguém. Você se isola demais do mundo, mas isso não é tão legal. Você precisa deixar que ultrapassem suas barreiras. Para de superproteger esse coração. Se continuar assim vai deixar escapar pessoas e depois vai se arrepender, vai por mim. Você não vai querer ficar se lamentando por não ter feito algo quando teve a oportunidade.
Não se culpe por não ter seu pai por perto. Não se sinta rejeitada, por favor. Você tem uma mãe incrível que move rios e pedras por você, então valorize isso. Valorize mesmo. Seja mais compreensiva independente do que ela faça. Ela age para te ver feliz. 

Se prepare para a terapia, sim, terapia. Não tenta evitar não, é algo que vai te ajudar a se sentir menos vítima desse mundo, algo que te fará bem. E depois você sentirá tanta saudade quanto eu sinto.
E você conhecerá o maior e melhor ídolo da sua vida esse ano e sim, um dia ele irá vir fazer um show aqui! Haha'
Ah, querida eu mesma, queria poder falar mais e mais e te preparar para tudo que vai acontecer, mas sei o quanto é teimosa e talvez não dê atenção aos meus conselhos. Ou até dê, mas não saiba como reagir. Não importa, não se preocupe. Sei que não sou a mesma pessoa que você idealizava, ainda não realizei tudo que você sonhava, nem viajei o tanto que você pretendia mas não sinto por decepcionar suas expectativas, não sinto por desviar do rumo que planejávamos. Andamos o quanto nos foi possível, crescemos o tanto que foi necessário. E com certeza aprendemos muito com tudo, principalmente com todos os nossos vacilos. 
E mesmo que você não me ouça quero que saiba que ainda assim terei muito orgulho do que irá se tornar. 
Ah, querida eu mesma, se você não fosse você eu não seria tão eu.
Então, obrigada. Pelos erros, pelos acertos e pelo amadurecimento. Obrigada por tudo. Até seus 21!
Beijos, Ana Valeska do futuro!

E se você pudesse mandar uma carta para si mesma aos 15 anos, o que diria?! 

4 comentários :

  1. Amei o texto,e me identifiquei muito com a parte deque sua vida melhorou quando você mudou-se escola,eu também tive momentos ruins na escola:era zoada,humilhada,mas depois que saí de lá tudo melhorou
    http://reflexoesdaminhamentedoida.blogspot.com.br/2015/04/modasuzanna-paulla-bonfim.html?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sempre tem dessas coisas né, não sei porque as pessoas são tão maldosas. Ainda bem que as coisas melhoraram pra gente! Beeijo

      Excluir

Comente o que você achou,conte suas dúvidas e dê sugestões de como nós podemos melhorar o nosso serviço!
O post acima foi elaborado com bastante carinho (tenha certeza disso).
Beijo

Leitora de meia tigela e metida a escritora nas horas vagas. Tenho mais afinidade com livros do que com pessoas. Sou impaciente, irônica e talvez te faça rir. E apesar de me esconder, me revelo em cada linha que escrevo.
Já quis ser de tudo nessa vida, mas me rendi aos encantos da publicidade. Aprendi que tudo fica mais bonito quando fazemos as coisas com amor e sem pensar no que vamos receber em troca. Sempre fico rindo feito uma louca, de tudo. Prazer, Thaís
Futuro publicitário, adoro artes em geral e quanto mais alternativa melhor. Amo café, álcool e programas ao ar livre com quem amo. Sou estranho, mas feliz.

Facebook

Leitores

Mais lidos do mês

Indicações

Visualizações de páginas da semana

Tecnologia do Blogger.