22 dezembro, 2015
Quem acompanha blogs/vlogs sabe que é bem nessa época que rola aquela velha e boa lista de coisas para fazer no ano que vai chegar. Entra ano e sai ano e as metas são as mesmas e as atitudes também. Parece até que a gente gosta de acumular metas para não cumprir.
A verdade é que 2015 foi um ano de grandes aprendizados. Foi um ano onde eu realmente fiz várias promessas e a maioria não cumpri. 2015 foi um ano onde eu fui feliz, aprendi a ser feliz sem depender de ninguém, aprendi que as melhores coisas da vida não se compram e que os amigos, ah, esses a gente deve cultivar, cuidar, deixar do nosso lado, cuidar com muito carinho e amor.
Sério, hoje abri as metas que fiz há mais ou menos um ano atrás e percebi que não tinha concluído 20% delas. Que decepção ein. E são coisas que eu realmente precisava fazer com ALTA prioridade. Só não entendi bem o motivo pelo qual elas ficaram de lado.
“Quero que 2016 seja diferente!” Tá, todo ano eu digo isso. Mas juro que vai ser. Não vou colocar na minha lista nenhum item que não dependa de ninguém além de mim.
1 - Quero conseguir aproveitar meu dia, ser mais disposta e reclamar menos. Talvez isso se encaixe como um único item, né?
2 - A segunda meta é uma das que eu mais quero: escrever e não ter vergonha de postar, ouvir as opiniões e não ficar com vergonha quando alguém me disser que eu escrevo bem e que eu tenho que continuar fazendo. Só agradecer. Mesmo eu não escrevendo lá essas coisas
3 – Ir mais vezes a praia. Só pra curtir o clima, a brisa e a natureza
4 – Desligar o 4G por mais tempo.
5 – O quinto item é bom bobo, mas é bem verdade: aproveitar mais aqueles que estão ao meu redor. Afinal, o amanhã é tão incerto, me deixa com tanto medo que só de imaginar que alguém pode não estar mais nas nossas vidas me deixa sem fôlego. Essa meta vale não só pra 2016. Mas eu acho que vale pra vida. Aproveitar mais aquelas pessoas que amo, abstrair muitas coisas, relevar outras, falar o quanto são importantes, dar presentes sem ocasião ou hora marcada, elogiar e agradecer sempre. E acabar com aquela história de “Vamos sair próxima semana, reunir a galera”. Tenho um dia vago? Vai, faz, participa. Deixar de só combinar. Em 2016 quero fazer/participar mais.
6 – Não beber mais refrigerante
7 – Ler mais.
8 -  Assistir mais filmes. Na Netflix e no Cinema.
9 – Ser menos ansiosa. Tá, não depende tanto assim de mim, mas vamos tentar.
10 – Ir a mais shows e conhecer novos gêneros musicais. Aprender a dançar algo também será bem válido.
10 – Criar menos expectativas sobre os outros. Só será valido criar expectativa sobre mim.
11 – “Amar e mudar” como á dizia Belchior. Sábia poesia que vale para todas as coisas
12 - Lembrar que acima de tudo a minha meta de vida é ter PAZ
13 - Exercitar o inglês, nem que seja sozinha.
14 - Organizar a vida para que ela seja mais produtiva
15 -  Conhecer novos lugares, novas pessoas e ter novas experiências para escrever sobre a vida. De várias maneiras possíveis.
16 - Conhecer mais restaurantes. hummmmmmm

Essas são as minhas 16 metas. São bem simples e só dependem de mim. Quais as metas de vocês?


0 Comentários :

Leitora de meia tigela e metida a escritora nas horas vagas. Tenho mais afinidade com livros do que com pessoas. Sou impaciente, irônica e talvez te faça rir. E apesar de me esconder, me revelo em cada linha que escrevo.
Já quis ser de tudo nessa vida, mas me rendi aos encantos da publicidade. Aprendi que tudo fica mais bonito quando fazemos as coisas com amor e sem pensar no que vamos receber em troca. Sempre fico rindo feito uma louca, de tudo. Prazer, Thaís
Futuro publicitário, adoro artes em geral e quanto mais alternativa melhor. Amo café, álcool e programas ao ar livre com quem amo. Sou estranho, mas feliz.

Facebook

Leitores

Mais lidos do mês

Indicações

Visualizações de páginas da semana

Tecnologia do Blogger.