28 agosto, 2011

Futuro. Uma das palavras que mais temo, que mais me deixa nervosa, com um frio na barriga, que me dá uma incerteza :S… Uma palavra tão concreta e tão abstrata ao mesmo tempo, tão sem forma.
O futuro nada mais é do que o nosso planejamento de um “presente distante” e ele depende inteiramente das nossas ações, e um presente mal planejado pode vim a ser mais tarde um futuro arruinado… e é a incerteza de como será nosso futuro que nos deixa tão apreensivos, com medo de dar qualquer passo, achando que ele será infalso, pisando mando para não cair, andando devagar para não tropeçar.. Mal sabemos que essa super proteção também pode vim a ser prejudicial ao nosso futuro, até porque só saberemos lidar com uma pedra mais a frente se tivermos dado o primeiro tropeço no passado, só saberemos nos levantar se tivermos caido no começo do caminho. Então deveriamos deixar de lado nossos medos e planejar nosso “presente distante” da maneira mais inusitada possível, sem se preocupar com tropeços, quedas e arranhões, afinal de contas quam está na chuva (sem proteção) tem que se molhar.
É curtinho, mas espero que gostem.
Beeijo

2 comentários :

Comente o que você achou,conte suas dúvidas e dê sugestões de como nós podemos melhorar o nosso serviço!
O post acima foi elaborado com bastante carinho (tenha certeza disso).
Beijo

Facebook

Leitores

Arquivo do Blog

Mais lidos do mês

Visualizações de páginas mensal

Tecnologia do Blogger.