11 abril, 2011
Ultimamente ando muito preocupada, muito aflita, estressada (não que já não seja mas...). Tenho me sentido perdida com tanta coisa na cabeça que nem sei por onde começar..
Acho que você já se sentiu assim, como se estivesse com um enorme novelo e que por mais que procurasse não conseguisse encontrar a ponta pra desenrolar todos os problemas.
São tantas escolhas e decisões que mudam completamente o nosso caminho e por mais que a gente queira trilha-lo temos medo do que podemos encontrar nessa nova jornada. Mas o que iremos fazer? Desistir de tudo e lançar mão dos nossos objetivos pór medo de ir rumo ao desconhecido? NÃO. Não podemos ter medo de tentar, afinal de contas todo mundo tem esse direito - TENTAR -
E se não conseguirmos? Ai já é outra história, mas ainda sim poderemos dizer que tentamos, que nos arriscamos, que fomos sem medo dos perigos que poderiamos encontrar, mas tentamos.
A vida sempre foi feita de caminhos: curtos, largos, grandes, estreitos, de todas as formas e tamanhos.. e por mais que a gente fuja sempre teremos que escolher um.
Não podemos deixar que a dor do fracasso nos consuma antes mesmo de tentarmos.. Acho que essa dor é mais cruel do que a de ter fracassado TENTANDO. Um fracasso, pode vir a ser mais tarde um degrau para uma vitória, basta que a gente tenha um objetivo e corra atrás dele, sem medo, sem nenhuma restrinção.
Porque eu sei que por mais demorado que seja, um dia a gente encontra a ponta do novelo.

É isso.
Beeijinhos!

0 Comentários :

Leitora de meia tigela e metida a escritora nas horas vagas. Tenho mais afinidade com livros do que com pessoas. Sou impaciente, irônica e talvez te faça rir. E apesar de me esconder, me revelo em cada linha que escrevo.
Já quis ser de tudo nessa vida, mas me rendi aos encantos da publicidade. Aprendi que tudo fica mais bonito quando fazemos as coisas com amor e sem pensar no que vamos receber em troca. Sempre fico rindo feito uma louca, de tudo. Prazer, Thaís
Futuro publicitário, adoro artes em geral e quanto mais alternativa melhor. Amo café, álcool e programas ao ar livre com quem amo. Sou estranho, mas feliz.

Facebook

Leitores

Arquivo do Blog

Mais lidos do mês

Indicações

Visualizações de páginas da semana

Tecnologia do Blogger.